sábado, 21 de maio de 2016

Carta para o meu "Eu" de 10 anos

Para acompanhar a leitura :)

Olá Brenda!

Eu sou tu com mais 10 anos em cima. :p De certo que ainda me reconheces pelos olhos azuis e cabelo loirinho, mas vou-te dar algumas pistas do que acontecerá no teu futuro (não entres em pânico e... não chores - ainda me lembro o que é que a casa gasta!).

Se bem me recordo ainda estás na fase em que colocas corações nos "i"s, que escreves poemas no diário, que tens ínfimas brincadeiras na ribeira e... sei que não te deveria dizer isto mas tu vê lá onde metes os pés que agradecia menos cicatrizes nas pernas! 

Gostava de te dizer que não perderás esse brilho nos olhos que te é tão característico, que o teu sorriso persistirá nas adversidades e que as tuas amigas continuarão ao teu lado, mas não te posso dizer isso porque estaria a mentir-te.

As tuas amigas de agora mudar-se-ão de ilha, algumas substituir-te-ão por amigas mais extrovertidas e outras mudarão de turma. E tu... Tu seguirás o teu caminho. Manterás algum contacto com algumas, mas com outras isso não passará de um "Gosto" nas fotos do Facebook* e nada mais. Tantos anos de amizade para passarem por ti e simplesmente nem te cumprimentarem. 

* O Facebook é, digamos, um site onde te vais divertir imenso a gerir uma quinta nos primeiros anos! E não, não te preocupes que quando tiveres a minha idade sabes fazer mais do que jogar Pinball e desenhar graffitis no Paint.


🌳


E sabes o que é pior? Vais aprender que nada é como nos filmes. Aprenderás que nem sempre as pessoas saem da tua vida por motivos específicos, simplesmente saem. E são essas saídas as mais dolorosas, pois um dia olhas e pessoas que antes eram o teu dia-a-dia, hoje já não lá estão sequer para te dar um sorriso. 

Infelizmente aprenderás que o bom da vida eram os joelhos e cotovelos esfolados, as constipações de estar todo o santo dia na rua e os sermões da mãe por andares sempre a "cabriar" em cima dos muros do quintal. 

Invejo-te, sabes? Porque com esta idade é o coração que está esfolado pelas desilusões que vais sofrendo.

Aprenderás que a palavra "amigo" nem sempre é algo bom, porque por vezes as pessoas aproveitam a tua amizade para conseguir determinadas coisas e, admito que por vezes ainda és enganada por esses falsos amigos que se infiltram na tua vida e tentam incutir receio ou dúvida ao avançares na luta pelos teus sonhos. E aí o melhor conselho que te posso dar é: quando sentires que alguém te puxa para trás, solta-te das amarras e vai sozinha. 

Nenhum barco avança com a âncora no fundo do mar.

Mas calma, nem tudo é mau! ;)

O bom de tudo é que quando olhares para mim ainda reconhecerás a paz de espírito, a quietude de expressão e essa maneira desajeitada de lidar com as pessoas. Nisso não mudaste nem um milímetro. Continuas fascinada por livros e apaixonada por cada personagem dos romances que lês. :) 

Estudas na universidade que querias e no curso dos teus sonhos. :) Tens novos amigos e alguns que poderás, sim, considerar verdadeiros, pois na calmaria e na tempestade permaneceram ao teu lado. 

Quando chegares a esta idade já terás viajado por sítios que sempre sonhaste e terás inúmeras histórias divertidas para recordar! Terás alguns sucessos e muitos desafios bons pela frente e, ainda que não preveja o futuro, sei que teremos muitos mais ainda. ;D

Quero que saibas que, apesar de tudo, crescerás feliz e rodeada de pessoas que te amam e que, por isso, as pequenas tristezas que a vida te trará só te tornarão mais forte e uma pessoa em constante evolução, lutando todos os dias por te tornares digna do amor que recebes.

Continua motivada e sorridente e, acima de tudo, mesmo depois da juventude passar continua sempre a acreditar em ti e no poder que a simpatia e bondade têm no mundo. :)

Um beijinho (com corações nos i's) desta (velha) tu com 20 anos,



9 comentários:

  1. Miga, já chega de me pores com lágrimas nos olhos de cada vez que escreves! Adorei <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahah Sabes que sempre que te quiseres sentir emocional sem te julgarem podes recorrer ao meu blog como desculpa de "Foi os textos da Brenda!" :p
      Obrigada (por tudo), beijinhos! :D

      Eliminar
  2. Adorei Brenda, acontece com a maior parte de nós! Bjins e continua, estas num bom caminho :)

    ResponderEliminar
  3. Adorei Brenda, acontece com a maior parte de nós! Bjins e continua, estas num bom caminho :)

    ResponderEliminar
  4. Adorei, está fantástico. :) a ideia é super original, porque nunca imaginamos quantas coisas mudam nas nossas vidas!!
    Um beijinho grande ! :)

    http://gestoolharesorriso.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  5. Muito sincera e emotiva esta carta, e uma excelente ideia, hei-de fazer o mesmo quando tiver com espírito para tal, pois tenho mesmo muitas coisas para contar à minha "eu" de 10 anos... ;)

    Relativamente às amizades, custa. Custa afastar-te de pessoas com quem tinhas tanta intimidade que quase parecia que conseguiam ler os pensamentos uns dos outros, e depois tudo deixa de existir, como se nada fosse... Mas não é por tua causa nem por causa de ninguém, é simplesmente o que significa crescer. O que importa fica, o que não importa vai, o velho dá espaço ao novo, e o verdadeiro fica sempre ;)

    ResponderEliminar