terça-feira, 12 de dezembro de 2017

Tour pelo meu Bullet Journal | flip-through

No ano passado por esta altura andei a pesquisar planners para imprimir e que pudessem servir para me organizar. Infelizmente essas formas de organização exigem gastar tinteiros e papel, por isso, acabei por achar que não valia a pena.

Comprei então uma agenda, como faço todos os anos e pronto.

A questão é que eu nunca me dei muito bem com agendas. Uso no início mas como são muito impessoais eu sinto que não tem a minha essência. Coloco os meus afazeres e pronto... já está tudo destinado e acaba por ser só uma to do list.

Não me interpretem mal, eu adoro agendas! Mas uso-as apenas para colocar coisas muito gerais.

Quando descobri o conceito do bullet journal fiquei fascinada!

Inicialmente, como podem ver no vídeo que está no final deste post, eu guiei-me por coisas que via pelo youtube (AmandaRachLee) que consistia em:
- Capa
- Monthly log
- Daily Log
- Gastos Mensais
        etc.

Então comecei a construir o meu BuJo em Março. Ora, como comecei em Março e não em Janeiro me escaparam-me algumas coisas básicas como o índice, simbologia/palavras-chave(key), calendário (e este sim fez-me muita falta) e future log (para anotar coisas que tenho que fazer em meses cujo spread não tenho feito).

A primeira coisa que me deparei quando avancei no Bujo é o facto de ter errado na escolha do caderno em si. Não usei o notebook original, nem mesmo uma das opções de folhas resistentes à venda no mercado. Usei um notebook que já tinha em casa e não tinha dado uso.

Nota: Para ver uma comparação entre vários tipos de cadernos podem ver este vídeo .

Por isso, fica a dica para vocês que pretendem começar um Bullet Journal: procurem um notebook com páginas resistentes, isto é, que ao escrever com determinados tipos de canetas, por exemplo, não passe para o verso da folha.

Depois à medida que os meses foram passando fui pensando em temas adequados a cada mês, fui procurando o estilo de organização que se adequava a mim e pronto, lá fui fazendo o meu BuJo.

Poderão ver como ele ficou nesta Tour pelo meu Bullet Journal.


0 comentários:

Enviar um comentário